Desenvolvimento do In Ceram

Desenvolvimento do In Ceram

Inspirado pela técnica clássica usada na indústria de cerâmica, a técnica do sistema VITA In Ceram foi desenvolvida pelo dentista e cientista de materiais Dr. Mickael Sadoun e introduzida no mercado pela VITA em 1989. O termo In Ceram foi derivado da técnica de “Infiltration Ceramic” com vidros especiais.

O material em forma de pó é misturado com um líquido especial em um banho ultra-sônico.
……………………………………………………………………………………………………………
…………………………………………………………………………………………………………….
A massa obtida deste modo é aplicada sobre um modelo de gesso especial de forma que a restauração obtém precisão e ajuste do contorno interno.

……………………………………………………………………………………………………………

…………………………………………………………………………………………………………….

Então o material é sinterizado a uma temperatura acima de 1100 °C. A esta temperatura é formado só um número limitado de conexões entre os grãos. Nesta condição o material exibe uma consistência calcária e pode ser processado facilmente mais adiante.

…………………………………………………………………………………………………………….

……………………………………………………………………………………………………………..

O coping assim obtido é infiltrado com um vidro especial durante a etapa seguinte. Esta etapa assegura que a restauração assuma sua cor característica, translucidez e resistência final.

……………………………………………………………………….

………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………….

Considerando que a contração de sinterização não ocorre, as dimensões do coping permanecem inalteradas tanto durante a sinterização como também durante infiltração do coping.

……………………………………………………………

…………………………………………………………………………………………………………………………………………

Além do In-Ceram clássico a VITA, também tem fabricado coroas e substructuras de ponte em máquinas de sinterização industrial utilizando os procedimentos de CAD/CAM (CEREC) desde 1993.

Devido à sinterização industrial, um aumento da resistência, em particular no módulo de Weibull foi alcançado. A produção industrial do bloco combinou com a maior intensidade da sinterização.

O nome designado para este novo produto da VITA é YZ CUBES para CEREC: este tipo de material consiste de óxido de zircônio e só deve ser utilizado para a tecnologia CAD/CAM (CEREC). A alta resistência final do material não é alcançada através de infiltração do coping com vidro, mas através da sinterização controlada. Assegurando a alta precisão de ajuste do YZ CUBES para CEREC.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s