Descrição de meios de união à Zirconia

Existe uma preocupação quanto ao aperfeiçoamento das técnicas de cimentação de coroas confeccionadas com Zircônia, um tipo de cerâmica modificada com a intenção de substituir os copins metálicos em coroas totais fabricadas em cerâmica. Segundo o que Dias de Souza, Thompson e Braga publicaram no J Prosthet Dent 2011;105:315-322, não que existe um método claramente definido quanto a união das coroas de Zircônia à estrutura dentária quando utilizamos cimentos de união adesiva. Para avaliar alguns agentes de união existentes(Alloy Primer, Totalbond, Metaltite, Metal Primer II) os autores utilizaram cem discos de zircônia e dois tipos de cimento o Rely X e o Panavia, cimentados a discos de resina composta (Z100, 3M ESPE), a resina composta foi utilizada ao invés de uma superfície de dentina para que fosse possível avaliar a união entre o agente de união e a superfície de zircônia. Os testes foram feitos em tempos diferentes de armazenamento 48 horas e cinco meses após a cimentação. Os corpos de prova unidos nestas condições foram submetidos a testes de microtração em máquina universal de ensaios. Baseados nos resultados os autores observaram que o envelhecimento, isto é o tempo decorrido após a cimentação diminuiu a resistência da união entre a zircônia e os discos de resina composta.  Isto ocorreu para todos os agentes de união e os dois tipos de cimentos resinosos utilizados no processo de cimentação. Esta observação deveria ser esperada uma vez que vários outros estudos demonstram um enfraquecimento da união adesiva com o passar do tempo. Quando comparadas as diferenças entre os dois tipos de cimentos (Panavia e Rely X) o Panavia apresentou maior resistência que o Rely X nos testes realizados 48 horas após a cimentação, no entanto, estas diferenças em favor do Panavia deixaram de existir após um período de envelhecimento da cimentação. Dessa forma foi observado que os dois cimentos têm comportamento semelhante com o passar do tempo.

Outra avaliação observada pelos autores é que o Rely X tem sua união à zircônia melhorada quando aplicamos qualquer dos agentes de união utilizados no estudo, isto não foi observado para o Panavia que não apresentou diferença entre a aplicação de agente de união ou não. Dessa forma a utilização de agentes de união apresenta maior importância quando utilizamos o cimento Rely X.

O método de cimentação sempre foi um ponto crítico no processo restaurador e muitas vezes podem comprometer o resultado final do tratamento. Uma pesquisa em condições laboratoriais é importante, pois podemos avaliar pontos específicos no método de cimentação uma vez que podemos controlar de forma mais precisa todos os outros fatores. Isto não acontece em pesquisas clínicas onde todas as condições se manifestam ao mesmo tempo dificultando a avaliação individualizada do que realmente esta acontecendo. A pesquisa clínica no entanto, é a única capaz de avaliarmos o comportamento geral e definitivo de um determinado material de cimentação.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s